Milícia ajuda padre russo que nega covid-19 a dominar mosteiro

0
18

Em uma ação ultrarradical, o padre Sergei Romanov, com o apoio de seus fiéis e das forças armadas de Ecaterimburgo, cidade dos Distritos Urais, tomou posse de um mosteiro local, depondo a atual abadessa, Varvara, e ocupando o cargo de poder para espalhar sua palavra contra a pandemia e contra as atuais medidas sanitárias de lockdown e isolamento.

Em discurso publicado por companheiros, foi dito que as instituições religiosas russas perderam sua identidade e não são mais administradas por cidadãos de fé relacionados ao patriarcado, mas sim por médicos sanitários que estão "blasfemando contra o Espírito Santo" e "trabalhando com os precursores do anticristo", acusando-os de traidores da fé após a limitação de serviços prestados em templos religiosos.

Leia mais…

Ler Mais em: Mega Curioso